Em quem VOCÊ votará em 2 de outubro?

Últimas Noticias
recent

Igreja na China é demolida, mesmo após fiéis tentar protegê-la

As autoridades da cidade oriental chinesa, começaram nesta segunda-feira, a demolir as igrejas protestantes da cidade ignorando as semanas de protestos dos fiéis da comunidade, informou uma associação dedicada a defesa da liberdade religiosa.
A demolição foi ordenada, segundo a comunidade protestante de Wenzhou, pelo secretario local do Partido Comunista da China, que depois de uma visita oficial a região manifestou o seu desagrado pela grande cruz que coroa o templo, da recente construção.
Imagens divulgadas nas redes sociais chinesas mostram vários tratadores, destruindo nesta segunda feira grande parte da igreja de Sanjiang.
Após quatro dias de concentrações, os fiéis obtiveram a promessa das autoridades de que o templo não seria demolido, mas no final de semana passada anunciaram os preparativos para a demolição, por isso retomaram os protestos.
A demolição danificará a já escassa confiança entre os milhões de cristãos chineses e o seu governo”, disse Bob Fu, presidente da associação China AId, com sede nos EUA.

Protestos para que a igreja não fosse demolida

Na primeira semana de abril, mais de 5 mil cristãos em Wenzhou, formaram um escudo humano em torno da igreja Sanjiang, depois que o governo anunciou planos para demolir o edifico. Eles se reuniram em frente do edifício para cantar e orar, enquanto uma vigília de oração ocorria dentro do edifício. 
Autoridades locais afirmavam que a igreja protestante aprovada pelo governo violou certos códigos de construção, dizendo também que sua estrutura não era segura.
Mas o prédio de oito andares com mil metros quadrados, foi designado como um “projeto modelo” em setembro passado, de acordo com o site da igreja.
Os líderes disseram que os funcionários do partido comunista se revoltaram ao ver as cruzes encima das torres das igreja, e então manifestaram sua preocupação de que o cristianismo venha se propagar rapidamente na província.
 “Hoje a igreja Wenzhou Sanjiang está sendo demolido, onde vai se reunir os nossos mais de 1.000 crentes depois disto? Por que derrubar nossa igreja? “, postou no Sina Weibo o usuário Caoyuan Zhibing postado no Sina Weibo.
Bob Fu, um ativista cristão com sede nos EUA, disse ao jornal: “Este bárbaro demolição forçada orquestrada pelo Governo representa uma grave escalada contra a liberdade religiosa na província de Zhejiang. O regime chinês opta por ignorar suas próprias leis e à vontade de seus melhores cidadãos “.
Mas para Bob Fu, acredita que essa perseguição irá renovar um interesse pelo cristianismo na China, – “A história tem provado e vai provar mais uma vez com este caso que um outro renascimento da igreja vai acontecer depois dessa nova onda de perseguição”, disse ele.


lagoarealnews

lagoarealnews

Nenhum comentário:

Lagoa Real News. Tecnologia do Blogger.