Em quem VOCÊ votará em 2 de outubro?

Últimas Noticias
recent

Deputado denuncia irregularidades em licitações do governo baiano

Conforme anúncio feito nesta quarta-feira (4), o deputado Carlos Gaban (DEM) denunciou supostas irregularidades em contratos de licitações da gestão Jaques Wagner. As denúncias já foram protocoladas pelo Ministério Público Estadual e Federal e no Tribunal de Contas do Estado (TCE). O parlamentar levantou um histórico das dispensas de licitação do governo entre 2009 até 2014 que totalizam R$ 273 milhões. “No entendimento nosso, uma dispensa de licitação pode ocorrer em caso de um acontecimento grave, como um prédio que venha a cair, por exemplo. Mas o governo vem rotineiramente fazendo dispensa de licitação, sem justificativa”, argumenta. Só este ano, de acordo com os dados obtidos por ele no sistema Transparência Bahia, foram mais de R$ 170 milhões de licitações dispensadas.
Ainda segundo Gaban, através da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic), ocorreu a contratação, em um "processo viciado", de duas empresas: Roltz e Empreng, que atuaram na construção de cadeias públicas e do Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe). “As duas empresas que participaram do processo licitatório são da mesma família”, revela. O deputado denunciou também que a Verdi, empresa gaúcha que desde 2008 também constrói presídios na Bahia, tem processos em oito estados, por irregularidades em licitações, superfaturamento e má qualidade na prestação do serviço. Segundo parecer técnico do Rio Grande do Sul, as paredes das unidades prisionais erguidas pela companhia têm espessura menor do que a recomendada. O governo contratou a Verdi recentemente por R$ 150 milhões – no dia 26 de abril. Em reportagem do jornal A Tarde, Gaban informou que a empresa foi a única participante do processo licitatório para a construção de presídios.

Fonte: Bahia Notícias.
lagoarealnews

lagoarealnews

Nenhum comentário:

Lagoa Real News. Tecnologia do Blogger.