Em quem VOCÊ votará em 2 de outubro?

Últimas Noticias
recent

Ore pelo Níger e Mali


Instabilidade política e perseguição religiosa estão acontecendo no Mali e no Níger, países africanos onde mais de 50 igrejas foram queimadas. Grupos fundamentalistas islâmicos tentam tomar o controle e implantar asharia (lei islâmica) em toda a região.
Em janeiro, mais de 50 templos cristãos foram queimados no Níger, e 26 dos 45 templos que existem na capital do país, Niamey, foram totalmente incendiados.
“Quando os nigerinos vieram para incendiar a igreja batista, os vizinhos se juntaram e disseram: ‘Aqui vocês não queimam nada’. Isso tocou muito os nossos corações. Ore pelos nossos irmãos neste país”, explica a missionária Veralucia Ferreira, que está no Mali, país vizinho ao Níger.

Nossos missionários no Níger, Josué e Kely Pacheco, estão atualmente no Brasil para o nascimento da filha, porém informaram que a igreja a qual pastoreiam e os trabalhos nas aldeias não foram atacados. Eles querem ganhar essa guerra com o amor de Deus.
“Hoje, mais do que nunca, temos visto o quão necessário é continuarmos levando as boas novas ao Níger, compartilhando com aquele povo a Verdade que liberta. Apesar da tristeza de vermos como as pessoas têm sido manipuladas para fazerem mal aos outros e a si mesmas, nossa alegria tem sido muito maior pelo fato de estarmos sendo usados por Deus e de estarmos lutando com armas de amor, buscando a transformação de vidas e da sociedade”, diz o Pr. Josué.
“Não deixe de orar pelas nossas ações no Níger e, se possível for, seja um sustentador da obra ali, pois queremos ampliar o alcance dos trabalhos, sustentando novos obreiros, abrindo novos projetos, alcançando novas aldeias com as boas novas. Nosso sonho é ver a igreja de Cristo crescer para conduzirmos pessoas à salvação, vendo o amor transformar esta sociedade, promovendo justiça e paz e minimizando ao máximo o efeito do ódio nesta terra que grita por cura”, pede o missionário.
A missionária Veralucia também pede orações pelo Mali. O país passa por instabilidades políticas e vive uma guerra contra grupos islâmicos que querem a separação da região norte do país.
“O Mali está vivendo um momento muito delicado. Apesar de termos, graças a Deus, superado o problema do vírus ebola, temos outro vírus maligno e terrível que deve ser totalmente erradicado: o da guerra, violência, falta de perdão e divisão. O problema no norte tem se intensificado, e isso nos preocupa muito, pois até agora nenhum acordo foi possível com os grupos armados que ali estão semeando o medo e o terror”, conta a missionária.
Continue orando pela igreja no Mali e no Níger. Ore pelos grupos extremistas islâmicos, para que Cristo os liberte. Ore para que a atuação da igreja seja um diferencial claro para o povo daqueles países.

Fonte: Missões Mundiais.


lagoarealnews

lagoarealnews

Nenhum comentário:

Lagoa Real News. Tecnologia do Blogger.